Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

"Vergonha não é roubar...

... Vergonha é ser apanhado" diz o meu colega.

 

Sempre me ri desta afirmação. Até que semana passada vi um senhor, bem parecido, na casa dos 50, a ser algemado à minha frente por ter roubado vários pares de meias. Percebi a veracidade da afirmação. Até eu senti vergonha pelo homem! Não que lhe sentisse as dores, porque acho que mereceu cada olhar, cada palavra amarga, cada pensamento reprovador - ainda que tenha achado a acção da polícia um tanto exagerada -  mas porque é vergonhoso e completamente irracional alguém se submeter a tal humilhação por alguns pares de meias... Meias... Leram bem: MEI-AS!! Não assaltou a caixa, não assaltou uma velhinha indefesa na rua! Não... Sujou a sua boa boa imagem por alguns pares de meias... Bem bonitas por sinal... 

 

Nunca hei-de compreender a humanidade... 

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.07.2016

    Não que ache bem, roubar é sempre roubar e por isso reprovável.


    Mas, nos dias que correm há para aí tanta fome, bem vestida :(
    (sobras de tempos de melhores, creio eu)


    Beijoca em TU
    noname
  • Imagem de perfil

    Mula 11.07.2016

    Pois, o senhor estava bem vestido não percebi se seria realmente por necessidade ou por algum tipo de vício... Sei que lhe saiu muito mal e a policia teve mais mão pesada do que quando assaltam de esticão... que acabam por não fazer nada, acho que é isso que me revolta mais, esta falta de coerência policial e jurídica....


    Oh beijo em eu? Beijo em tu então! ahahahahah
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.