Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Uma espécie de Review de alguém que não percebe nada disto: A Montanha Entre Nós

Por altura do Natal gosto de ir ao cinema. Sou das que costuma ir no dia 25 ou no dia 1, mas a verdade é que desta vez fui antes. Temia que a sala fosse estar cheia, mas a verdade é que as pessoas pareciam mais preocupadas com as últimas compras do que com o cinema. Gosto de cinemas tranquilos.

 

Fomos ver, por exclusão de partes, e porque era o único que estava quase a começar dentro do nosso estilo, A Montanha Entre Nós. Posso já adiantar-vos que gostei, não é o melhor filme do ano - nem por lá perto - mas gostei.

 

 

A montanha entre nós relata a história de dois estranhos que se conhecessem no aeroporto devido aos seus voos terem sido cancelados devido ao mau tempo. O destino dos dois é o mesmo, o motivo da pressa bastante diferente: Alex é uma jornalista que se casa no dia seguinte, e Ben é um neurocirurgião necessário para uma operação importante. Não conformada com o cancelamento do seu voo e querendo chegar ao dia do seu casamento Alex convence Ben a alugarem um pequeno avião para alcançarem o seu destino. Os dois levantam voo e a viagem parece correr bem, mas o mau tempo aproxima-se e o piloto sofre um ataque cardíaco fazendo a aeronave despenhar-se. Com o impacto, o piloto morre mas Alex e Ben sobrevivem assim como o cão do piloto: um labrador que vai acompanhar Alex e Ben ao longo da sobrevivência destes. Alex e Ben têm que enfrentar uma vasta montanha, mas também um inverno muito rigoroso. Será que vão conseguir sobreviver?

 

Este é mais um filme que relata a sobrevivência humana. A força sobrenatural que possuímos quando somos postos à prova. É também um filme romanceado. À medida que vão seguindo o seu caminho vamos descobrindo as suas fraquezas, os seus medos, os seus bloqueios, e vamos conhecendo a vida que têm para além das montanhas.

 

O que o filme tem de mais belo é a imagem: A paisagem é incrível. É daqueles filmes que vale a pena ver no cinema essencialmente pela imagem.

 

De um modo geral é um bom filme, mas os mais atentos vão encontrar grandes falhas: As fogueiras ardem eternamente, apesar de as fazerem na neve, de estar a nevar, e de não existir propriamente lenha. Alex apesar de estar toda partida e com uma tala na perna consegue subir e descer a montanha sem grandes dificuldades, com algum sofrimento no rosto é verdade, mas anda que se farta.

 

Estas e outras razões tornam este filme de sobrevivência em mais um romance - mas não vou explanar mais porque não quero ser spoiler - e fazem com o que o filme perca um pouco a ação e faça com que possamos sentir algum tédio. Ao longo do filme verificamos também que a trama central deixa de ser a sua sobrevivência mas a relação entre os intervenientes o que pode causar um pouco de desilusão a quem possa procurar algo diferente.

 

No entanto, eu romântica convicta, gostei do filme, confesso que imaginava algo diferente, mas gostei do resultado.

 

Quem é que já viu? Opiniões?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 29.12.2017

    É isso mesmo! Mas gostei do filme também. E ele também gostou e olha que é dos que se aborrece facilmente. ^_^
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.