Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Uma espécie de Review de alguém que não percebe nada disto: A Vida Secreta dos Nossos Bichos

Um ano que esperei pela estreia deste filme! Um ano! Quando vi o trailer no verão passado fiquei logo encantada e sabia que iria adorar este filme. E ele é realmente fantástico. Não conseguiu destronar o Divertida-mente - para  mim o melhor filme de animação alguma vez feito - mas este é dos filmes mais engraçados de animação alguma vez realizado. É como se costuma dizer, de partir o coco.

 

 

 

O filme pretende avançar com uma teoria sobre o que fazem os nossos animais de estimação, quando nós, os donos, não estamos em casa através da história de Max, que devido ao seu nada desejado novo companheiro de casa Duke se perdem na cidade de Manhattan e são perseguidos por animais vadios com desejos de vingança dos humanos e pelo canil.

 

Ao notarem a ausência de Max e Duke, os restantes animais do prédio onde viviam, decidem embarcar numa grande aventura para encontrarem os dois amigos, convocando o maior número de elementos possíveis para os ajudarem, incluindo um Falcão que só pensa em comê-los.

 

O filme é muito engraçado e toca em algumas questões importantes como o abandono dos animais e qual o sentimento que lhes provoca e também o que o encontro de um novo lar pode fazer por eles. Gostei do facto de o filme não resumir os animais de estimação a cães e gatos. O filme tem um pouco de todos os animais: Pássaros, porquinhos da índia, cobras, coelhos e até um cão de cadeira de rodas.

 

Acho que o filme foi escrito por um amante de cães. Para além de os protagonistas serem dois cães, os gatos são caracterizados no filme como sendo arrogantes e agressivos, que foi a parte que me deixou mais triste, uma vez que não é de todo verdade. No entanto e apesar de tudo estão bastante bem caracterizados. Os cães por outro lado, são também caracterizados como sendo bastante mais tontos que os gatos devido à sua devoção ao humanos. Achei bastante curioso o facto de todo o filme ter por base apenas os animais e nunca os donos, mas como tudo acontece quando os donos estão fora... É bastante coerente.

 

Começo a olhar para o meu Pulga de um modo diferente, realmente eu às vezes chego a casa e parece que esteve um batalhão de animais a desarrumar-me a casa, que o Pulga às vezes faz coisas que eu não sei como ele consegue... Será que anda a trazer companhia cá para dentro como no filme? Um dia tenho de colocar uma câmara oculta para ver o que ele faz no dia-a-dia quando está sozinho.

 

É sem dúvida um filme para se soltar umas boas gargalhadas - do início ao final do filme - e ótimo para toda a família. Estava com medo de me desiludir, pois as expectativas estavam realmente muito altas - devido à enorme espera - mas não desiludiu de todo, até bem pelo contrário.

 

Há muito que deixei de considerar os filmes de animação para crianças, e a prova é que cada vez vemos mais adultos sem crianças, a assistirem filmes de animação nas salas de cinema. Por isso sem dúvida que devem ver este filme, tenho a certeza que os amantes de animais vão adorar.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.