Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Telegrama #3 Segunda-Feira Negra

Então Mula como foi a tua segunda-feira?

 

Foi optima! Mandei o carro para o mecânico, em risco eminente de fazer caboumm. Estive o dia todo sem acentuação ou qualquer pontuação no meu computador do trabalho, e sempre que precisava de enviar e-mails tinha de ir ao google resgatar símbolos. Dormi pessimamente porque não conseguia respirar. Conclusão: acordei ainda mais cansada do que quando me deitei. Tratei de gente chata. Desliguei mil e uma vezes o computador a ver se já funcionava. Mas não funcionava. Queria ler na minha pausa mas doía-me a cabeça. Toda a gente andava em alvoroço porque estávamos com problemas no servidor. As nossas aplicações não funcionavam. Precisava de silêncio porque me doía a cabeça, mas as pessoas com o stress ainda falavam mais alto. Ajudei um colega que acha que eu faço milagres. Conclusão: Descobriu que não faço milagres. Reclamou da vida. Eu ouvi, concordei e apaguei. Cheguei a casa duas horas depois do normal. Não jantei. Escrevi esta publicação e fui dormir.

 

Sabem qual é a melhor parte desta segunda-feira negra?

É que felizmente, já terminou!

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 23.05.2017

    Hoje a minha chefe até já me disse: tu hoje já dormiste bem não foi? Estás com as pilhas todas! 


    Image
  • Imagem de perfil

    Sofia 23.05.2017

    Ui, depois do dia de ontem!Image
  • Imagem de perfil

    Mula 23.05.2017

    Eu ontem estava lenta até a falar... Sabes aqueles bonecos que quando têm a pilha fraca começam a falar muito devagar? Era eu, ontem! Image
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.