Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio | Se eu fosse...#19 Um sabor?

É daqueles casos em que meu sabor preferido me descreve na perfeição, por várias razões que eu já fui descrevendo neste desafio: Agridoce.

 

Eu poderia ser perfeitamente aqueles chocolates com bolachas salgadas. Ou aquele caramelo com sal. Ou até mesmo aquele molho docinho com um travo ácido. Porque eu sou no fundo aquilo que as pessoas quiserem que eu seja, no fundo eu não atiro pedras a quem não mas atirou, nem sou bruta a quem não o é comigo... - salvo raras exceções - mas se me pisarem, irritarem ou simplesmente me contrariarem de forma abusiva... Não sou tão doce assim.

Desafio | Se eu fosse...#18 Um lugar?

A praia durante o verão sem dúvida: Quente mas ventosa por vezes. Onde o mar ora convida a entrar e a sentar, mas ora afasta e diz mantém-te longe. Assim sou eu: amorosa uma boa parte do tempo, mas intempestiva quando acordo torta - o que não acontece assim tão raramente.

 

 

Serei talvez um pouco como esta praia... Parece perfeita, mas se te descuidares vais cascata abaixo... Eis a Mula... Um amor portanto!

Desafio | Se eu fosse...#17 Um livro?

Se eu fosse um livro gostaria de ser uma comédia romântica ligeira. Algo deste género:

 

 

Gostaria de entreter, mas que não me levassem assim tão a sério. Gosto de pensar que posso deixar alguém com o sorriso no rosto, que posso ser divertida e acima de tudo que posso deixar alguém de coração cheio. E como senti tudo isto com o Guia Astrológico para Corações Partidos, acho que gostaria de ser um livro deste gênero.

 

Desafio | Se eu fosse...#16 Um sentimento?

 

Vai até parecer cliché, mas eu sou feita de amor. Vivo pelo amor e não sei amar pouco ou não amar intensamente. Não me refiro ao amor romântico, mas ao amor pela vida, pelas coisas, pelos aromas e pelas sensações. Por isso é que acabo por ser dramática, exagerada, impulsiva, impaciente. É pelo amor que me movo, por isso se eu fosse um sentimento só poderia ser amor. Não digo que o amor mova montanhas, mas é realmente o que me move. Sem ele... páro e fico estúpida!

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.