Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Sorte ou azar e mérito

Imagem retirada daqui

 

Sou uma pessoa que atribui o sucesso ao mérito. Quando é comigo. Quando faço algo realmente bem, quando sou bem sucedida acredito que é porque sou competente, porque sou capaz, porque sou boa naquilo que faço. Por sua vez, quando algo não corre bem, dou por mim a acreditar na sorte e no azar. No acaso. Não perante os outros. Perante os outros admito sempre a culpa. Mea culpa pelo fracasso ou pelo erro, pela falta de concretização. Não tenho dificuldade em assumir consequências. Não me escondo ou acobardo. Dou o corpo às balas.

 

No entanto, perante mim tenho dificuldade em assumir culpas ou erros. Tenho dificuldade em admitir que as coisas podem não correr bem porque não sou competente, porque não sou capaz, porque não tenho capacidade. Perante mim tenho tendência a desmoralizar e quase a aceitar que há situações incontroláveis como se dependesse de uma força superior. Que me é alheio. Por isso, quando vejo aqueles que alcançam o que eu desejo, vejo-os como pessoas com mais sorte que eu - e não mais competentes. Tantas vezes as coisas me parecem aleatórias. Sem lógica. Sem nexo. Sem esforço.

 

Na realidade vejo muita gente a ter sorte. Vejo muita gente a conseguir alcançar objetivos sem esforço e sem mérito. Na realidade vejo muita gente com azar. Vejo muita gente a perder o que têm apesar de serem competentes, vejo muita gente a tentar conseguir mais e melhor com grande competência e sem o conseguirem.

 

Há, na realidade, demasiada aleatoriedade. Demasiadas situações sem nexo. Por isso sim, esta coisa de sorte ou de azar existe, e não é só no jogo.

 

Mas esta perspetiva, confesso, apavora-me. Perante um novo desafio, por muito capaz que eu me sinta, sinto sempre que se a sorte não estiver do meu lado tudo pode correr mal e por isso coloco demasiada pressão, porque as minhas capacidades têm de ser superiores para compensar esta força superior que pode não estar a meu favor. Não acredito que ser suficientemente capaz seja suficiente para conseguir e por isso vivo constantemente com medo.

 

É desgastante.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.