Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Séries da Quarentena: Auga Seca

Esta quarentena, mesmo não sendo totalmente desocupada, já que estou em teletrabalho, tem dado para colocar as séries em dia. Uma das séries que me chamou a atenção foi a série  luso-galega, Auga Seca notícia por ter sido a primeira série portuguesa na HBO Portugal e Espanha.

 

 

Auga Seca é uma série policial pequena, tem apenas uma temporada - pelo menos para já - e são apenas 6 episódios, e conta a história de Teresa que quer descobrir o motivo da morte do irmão. Assim, deixa a vida em Lisboa, muda-se para Vigo e quando dá por si, encontra-se no meio de uma rede de tráfico de armas entre Portugal-Espanha-República Democrática do Congo. Será que Teresa vai descobrir o que realmente aconteceu?

 

A série é boa. Cativou-me desde o primeiro episódio e após ignorarmos o mau galego da Victória Guerra, desfrutamos da trama que não tem muitos floreados ou clichés. Agrada-me a forma como a história foi sendo contada e como se desenrolou, revoltou-me o final [spoiler alert!!!!] por ser demasiado semelhante ao mundo real. Normalmente gostamos que na ficção a justiça seja feita, já que no mundo real nem sempre é. Na Auga Seca como na vida a justiça é relativa e os ricos e poderosos safam-se sempre, nada diferente da vida real portanto.

 

O final é bastante aberto pelo que prevejo que possa existir uma segunda temporada - e assim espero! -, mas ainda não vi qualquer informação sobre isso. 

 

Quem já viu? Que opinais vós?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.