Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Regressar ao ginásio

(imagem retirada daqui)

 

E quatro semanas se passaram desde que regressei ao ginásio.

 

Descobri que estava bastante em baixo de forma mas com mais resistência do que achava. Passo a explicar: curiosamente aguentei muito melhor o cardio, muito mais do que na altura em que frequentava o ginásio com mais regularidade - certamente devido a ter muito menos gordura em cima do lombo - mas no que toca a pesos, a musculação comecei bem lá em baixo, com muito pouca carga e mesmo assim tive dificuldade com as repetições. Acho que isto diz muito sobre o estado em que a minha massa muscular estava. Curiosamente em apenas quatro semanas evolui bastante neste campo. A cada semana fui aumentando mais e mais a carga e a aguentar muito melhor as repetições. Estou, por isso, bastante curiosa com a evolução da minha massa muscular, estou curiosa com o que dirá a balança no dia da consulta de nutrição - mais uma semana e já saberei.

 

O peso tal como já esperava manteve-se estável. Deixei de perder peso desde que regressei ao ginásio, mas tendo em conta que não me andei a portar assim tão mal com a boca - afasta mentes perversas, afasta! - acho que tudo isto se deve ao aumento da massa muscular em detrimento da massa gorda. Vamos esperar que sim, vamos esperar que sim! Torçam os dedinhos por mim, por favor! Digam-me por favor que não é das papas de aveia ao pequeno-almoço que me têm sabido pela vida, nem da manteiga de amendoim que agora ponho em tudo com um sorriso no rosto!

 

Principais melhorias de regressar ao ginásio?

Sinto-me muito melhor, durmo muito melhor - então nos dias que vou ao ginásio à noite durmo que nem um anjo - e ando com muito mais energia e nos dias em que vou ao ginásio ando muito mais bem disposta. É incrível como saímos da sala de treino mortas, e depois do banho nos sentimos com energia para uma segunda ronda. Já tinha saudades desta sensação.

 

O pior de regressar ao ginásio?

Já não sei o que é não ter dores. O facto de não me conformar com a carga que já aguento e tentar sempre mais, faz com que os meus músculos estejam sempre em esforço e ando sempre com dores musculares. Não como as primeiras, não são daquelas dores que me fazem andar manca e guinchar ao menor movimento, mas sinto os músculos trabalhados. Não é muito agradável mas dá-me em certa medida uma sensação de dever cumprido.

 

O mais estranho de regressar ao ginásio?

Mudei os meus gostos. Antes odiava fazer musculação, estranhamente agora adoro. Antes odiava a elíptica - fazia tudo menos elíptica - agora é uma das minhas favoritas. Há, no entanto, um gosto que nunca mudou: O meu gosto por pilates. Regressei, finalmente, ao meu tão amado Pilates! Enferrujadíssima que estou. Tudo dói, tudo custa! Mas gostei do professor e por isso à segunda-feira, aconteça o que acontecer é dia de pilates - só tenho pena de ser o único dia que consigo ir - e como a segunda-feira é mesmo o pior dia da semana lá no trabalho, acreditem que é uma ótima aula para exorcizar os demónios da alma - e do corpo... Ai!

 

Estranhamente e contrariamente ao que acontecia anteriormente, não tenho arranjado desculpas para não ir. De todas as vezes previstas só não fui uma única vez - e em minha defesa estava adoentada, sem energia nenhuma e a desejar ardentemente a minha cama - e houve uma vez que antecipei uma ida por não poder ir no dia seguinte, e no dia seguinte o que fiz em casa até foi muito mais do que iria fazer no ginásio, mas com móveis em vez de pesos, com o aspirador em vez da passadeira. Estranhamente adaptei-me bem ao novo ginásio, sinto-me bem lá. Coloco a minha música, fecho-me no meu mundo e faço o meu treino sem grande sacrifício - mentalmente falando. Não vos vou dizer que vá com grande disposição. A verdade é que por mim ficava em casa em vez de ir para o ginásio, continuo a preferir o sofá à passadeira, e a televisão às máquinas do demónio, mas depois de lá estar estou bem disposta e treino sem dar pelo tempo passar. Confesso que gostava de ir a mais aulas, as aulas são mais divertidas, mas a verdade é que não tenho tempo.

 

E é isto... Regressei ao ginásio, estou viva e ainda não caibo no vestido que comprei para festejar os meus 30 anos, mas hei-de caber quando chegar a altura!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.