Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Reencontros - O que dizer?

Este mês, que ainda mal começou, tem sido um mês de reencontros. Reencontrei uma antiga colega de escola - que já não via desde os meus 14 anos - e uma antiga colega de trabalho - que já não via desde os meus 17 anos. Nestes reencontros, e corrijam-me se estiver enganada, é muito comum perguntar-se "então que tens feito?", o que tem tanto de apropriado, como de parvo. Nestas alturas deve-se responder o quê? Devemos fazer uma actualização de tudo o que temos feito desde o último dia que nos vimos e falamos?

 

Pois não sei...

 

As minhas respostas são tão ou mais parvas que essa pergunta, por isso não serei de todo, a pessoa mais adequada para vos dar respostas minimamente válidas a esta questão, porque é muito habitual nestas situações dizer "Nada de especial, tudo na mesma", o que tendo em conta que tanto numa situação, como na outra, já não nos víamos há mais de 10 anos, um montão de coisas entretanto aconteceram... tipo... sei lá... deixar de ser adolescente, acabar uma licenciatura, ser recusada num mestrado, conhecer o meu namorado, ir viver com ele e estar quase a casar-me... Já para não falar de todos os empregos por onde passei, as razões bizarras pelas quais me despedi. Coisas deste género... Mas devemos dizer o quê? Contar tudo isto? É que uma boa actualização demoraria horas, dias, e até quem sabe semanas, e estes  encontros foram fugazes e inesperados... Para abrirmos o nosso livro também é preciso preparação...

 

Normalmente é por isto que costumo fugir a sete pés dos reencontros de escola, de antigos colegas de trabalho e afins... Fala-se do quê, eu já não sei do que é que a pessoa gosta, se a pessoa está disposta a ouvir o que tenho para dizer... nem tão pouco se eu, estou disposta a ouvir o que os outros têm para me dizer...

 

E agora a minha frase preferida "Temos que combinar um cafézinho!", sabem quando é que se combina esse "cafézinho"? Sabem, claro que sabem, porque também já devem ter reencontrado pessoas na vossa vida.... NUNCA! Desta forma, nunca sei se gosto, ou não, de reencontros, porque são sempre estranhos... Está ali uma pessoa, que reconheces por ter a mesma cara, o mesmo corpo - às vezes, nem sempre - mas que ao mesmo tempo já não conheces de lado nenhum.

 

E é isto... por hoje... é isto! Acho que fiquei deprimida!

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.