Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Quem conta um conto #17 Cartas Soltas V

Cartas soltas V.png

 

Penso e repenso! Quero!  Não quero! Acendo um cigarro a seguir ao outro, o nervosismo impera. Quero mas não posso. Mais um cigarro. Coração a bater a mil. A ansiedade toma conta de mim. Quero tanto... E o meu cérebro amolece, e já não sabe distinguir o que quer do que não quer, o que pode, do que não pode. Ainda dizem que é o cérebro que comanda o coração! Não é, no meu caso não é...

 

Passam-se dias... E dias são muitas horas e muitas horas são demasiados minutos... Demasiados minutos sem ti. Mas eu preciso! Penso e repenso. Quero!  Não quero!  E um maço já foi.

 

Sinto tanta falta... Mas também sinto que preciso de estar assim só. Sem ti. Comigo. Sinto falta de estar comigo. Gosto de estar contigo, mas gosto ainda mais de estar comigo. Preciso de estar comigo. Amo-te. Mas amo-me mais. Preciso de me amar a mim, assim, com tempo. Gosto de me deliciar no tempo. 

 

Gosto do barulho, mas é o silêncio que mais me cativa. Gosto de sol mas é a sombra que me convence. Gosto de cores vivas mas são os neutros com que mais me identifico. Gosto de calor mas é do frio que mais sinto falta, quando me faz falta. Assim como tu. Gosto de ti mas é de mim que mais sinto falta quando estou contigo. Porque não conseguimos estar juntos? Eu e tu? Os dois? Acendo mais um cigarro e não consigo pensar. Continuo sem conseguir pensar, está demasiado barulho! 

 

Parem os carros, os relógios e o ensurdecedor ranger da madeira! Parem as luzes e fechem as janelas! Deixem-me no escuro e em silêncio! Preciso de me ouvir, e mesmo assim não me oiço! A voz que quer gritar e que cresce aqui dentro simplesmente nada diz. Estará afónica? Atónita? Ou simplesmente parva? Berra! Queres berrar, eu sei que queres. Berra!

 

Mas nada diz...

 

Diz apenas que gosta de ti... e de mim... Dos dois. Mas que gosta mais de mim e que não pode ter os dois ao mesmo tempo...

 

Repete isto até ao expoente da loucura...

 

Até que mais um maço se esfumou... e continuo sem saber: Quero ou não quero?

 

Um dia talvez conseguir-me-às compreender e perdoar! Até eu, talvez um dia me consiga compreender e perdoar.  Talvez um dia.

 

Até lá...

 

Desculpa!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.