Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Produtos de supermercado para o cabelo

Este post já estava na gaveta há séculos. Mas como mais vale tarde do que nunca, vê hoje a luz do dia. 

 

Em tempos recebi um email de uma leitora a questionar-me o que tinha eu contra os produtos capilares de supermercado e se eu achava que esses produtos danificavam o cabelo.

 

capa.JPG

 

Vamos lá por partes. Em primeiro lugar não tenho absolutamente nada contra os produtos para cabelos e de cosmética de supermercado, usei-os - e ainda uso por vezes - durante anos e não foi isso que danificou, de forma alguma os meus cabelos. Acho até que há nos supermercados excelentes produtos para o dia-a-dia e há alguns até que eu tenho, uso e não dispenso. Durante vários anos o Linic e o H&S foram os meus grandes aliados quando a minha dermatite seborreica atacava com força, essencialmente os cítricos, que são os meus favoritos. As máscaras da Tresemmé são aquelas que eu compro quando as minhas da L'Oreal Profissional terminam e ainda não chegaram as novas e os champôs da Elvive são os meus favoritos quando preciso de um champô barato que cuide temporariamente do meu cabelo. Sei que fica bem entregue.

 

produtos 1.JPG

 

Antes do alisamento, usava os produtos da gama Ondas (Im)Perfeitas da Tresemmé e adorava, essencialmente a mousse, que me deixava o cabelo com um ondulado bonito, natural e sem necessidade de usar o secador ou o babyliss e agora que uso o cabelo liso são os leave-in da Gliss que nunca faltam aqui em casa. Os champôs da mesma gama não me agradam nem um pouco, mas os leave in, a-do-ro-os! Quando usava franja, usava o de volume para que a franja se mantivesse bonita e lisa o dia todo, e agora gosto de usar o de brilho e o de preenchimento de fibra capilar, já que tenho o cabelo fino e ajuda-o a ficar mais forte e bonito. Nota-se grande diferença entre usar ou não usar produto se o deixar secar ao natural. Sem os leave-in fico com o cabelo muito mais seco e com efeito muito mais palha do que quando uso. Já usei leave-in profissionais e sinceramente, não notei diferença alguma.

 

produtos 2.JPG

Para quem tem cabelos normais, saudáveis e sem qualquer tipo de exigência, há marcas como a Pantene, a L'Oreal, a Schwarzkopf e até mesmo a Tresemmé que têm produtos de qualidade a preços bastante acessíveis - umas mais que outras, já se sabe. Agora, quem como a Mula, faz do cabelo gato sapato, e assassina diariamente os fios - mesmo quando acha que lhes está a fazer bem -  os produtos de supermercado não são suficientes para recuperar os danos e por isso prefiro investir em produtos de gama profissional para tentar de alguma maneira corrigir a porcaria que faço mensalmente com tintas, alisamentos e afins. Quando compro produtos profissionais, compro-os com um propósito, como quando comprei os de reconstrução da Tigi,

 

Agora, também acho que há produtos no supermercado menos bons,  pelo menos, menos bons para mim. Como em tudo na vida, de resto. Destaco por exemplo os cheirosos champôs da Fructis e da Herbal Essences que não me lavam o cabelo devidamente e após lavar com eles fico com o cabelo todo gorduroso e pastoso, demorando dias até normalizar. Mas da mesma forma que se encontram maus produtos nos supermercados, também se encontram maus produtos nas lojas profissionais. Já vos falei por exemplo, de como odeio o champô seco da Wella - e é um produto profissional caro - e de como produtos super baratinhos podem fazer o mesmo efeito de um bom champô seco. Já experimentei por exemplo champôs e máscaras da L'Oreal que não me seduziram ou não cumpriram com o objetivo, como o último conjunto da gama INFORCER que comprei com vitamina b6 e biotina para reduzir a queda do cabelo e parece que a queda ainda aumentou mais.

 

A verdade é que já me desiludi com produtos caríssimos e já me surpreendi com produtos bem baratinhos. No entanto, tenho algumas gamas de algumas marcas que eu sei que ajudam o meu cabelo a ficar mais forte e mais resistente sem pesar demasiado porque o meu cabelo é muito difícil de cuidar porque é seco nas pontas mas oleoso na raiz. Tenho muito cabelo mas muito fino e ainda por cima é um cabelo que é constantemente maltratado. Séruns por exemplo, só gosto do da Orofluido que já experimentei vários de supermercado e deixaram-me sempre o cabelo novamente a precisar de ser lavado. Mas também já experimentei outros de outras marcas profissionais mas não me encheram as medidas nem preencheram os requisitos.

 

Acho que ser supermercado ou profissional depende muito do que procuramos, e produtos com ação mais intensa, com uma ação mais específica não encontramos nos expositores de supermercado e por isso é que eu acabo por recorrer a produtos profissionais.

 

No fundo, quando vocês estão com uma ligeira dor em qualquer lugar, podem ir a uma parafarmácia que têm lá sempre qualquer coisa para vocês, mas se o problema é sério têm de ir a uma farmácia buscar um produto mais forte certo? No fundo com os cabelos é a mesma coisa. O que importa no fundo é encontrarmos os produtos que realmente nos ajudam a ter e/ou a manter um cabelo bonito e saudável.

 

Mas agora falem vocês de vossa justiça: que tipo de produtos usam vocês nos vossos cabelos? Que produtos baratinhos vos surpreenderam recentemente?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.