Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Operação Respirar #4 Mês e meio depois

Se houve alturas em que estava desgosta com a operação, porque estava com muitas dores, com a cara deformada, com o nariz inchado e com todo o ego e autoestima em baixo, agora, mais de um mês e meio depois, volto a reforçar que foi a melhor opção que tomei.

 

Ainda não estou a 100%. O nariz ainda está ligeiramente repuxado e anestesiado - tenho de fazer massagens diárias, tipo fisioterapia, para a pele ganhar elasticidade  -, ainda não me consigo assoar devidamente e se algo me tocar no nariz, confesso que ainda é desconfortável. No entanto, e do ponto de vista da respiração continua fantástica, continuo a respirar integralmente pelo nariz sem qualquer tipo de auxílio ou medicamento, e esteticamente é como se nada tivesse acontecido. Por isso, tudo perfeito.

 

Foram semanas bem horríveis, confesso, dias em que me apetecia chorar de manhã à noite, dias e dias em que me arrependi, em que dizia para mim mesma "tomar corticóides a vida toda se calhar não era  assim tão mau!", mas agora, mesmo olhando para trás, mesmo me lembrando - ainda é um sofrimento muito presente! - de tudo o que passei, o resultado compensa todo o esforço. Quem me dera ter-me submetido a esta operação mais cedo - agora já teria passado! - porque sinto que ganhei anos de vida. Nada paga as noites mal dormidas, as dores de cabeça com que sempre andava, o cansaço que sempre acusava por não ter uma noite descansada.

 

Confesso que me meteram ao longo do tempo muito medo da operação: "porque não resulta a 100%", "porque a longo prazo vais voltar a ficar igual", "porque o pós-operatório não compensa o resultado", entre muitas outras. Não sei se vou voltar a ficar igual ou não, ou se me submeti a este sofrimento em vão, só o tempo dirá. Não sei se resulta a 100% ou não, mas comigo se não resultou a 100%, resultou a 99%. Realmente ainda pode ser muito cedo para falar sobre os verdadeiros resultados, mas o que eu sei é que agora durmo uma noite completa sem acordar a meio da noite aflita. Sei que durmo uma noite completa sem me virar e revirar na cama a tentar respirar, 80% do tempo. Sei que os meus dias são melhores, que não ando tão cansada, que consigo sentir muito mais os cheiros - confesso que aqui nem sempre é um ponto positivo - e até aquela sensação de constipação com que sempre andava, desapareceu.

 

Não sei o dia de amanhã, mas pelo que eu sinto no dia de hoje, já valeu bem a pena todo o sofrimento!

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.