Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Oh Mula o que é que tu fazes quando vês um post com uma opinião egocentrista?

Fico com uma grande vontade de fazer ver às pessoas que não é assim que funciona efetivamente. Chamá-las à razão. Mas como sei que seria falar para uma parede e como diz o Jorge Palma "não estou com grande disposição para outra enorme discussão...", então respiro fundo, conto até 10, e fecho a janela, salvo raras - poucas - exceções.

 

Sai-te sentimentos maus! Sai-te! 

 

Cada vez percebo mais que as pessoas vivem num mundinho próprio onde os outros não importam. Só importa eu, eu e só eu. E num mundo onde o eu não é devidamente satisfeito, os outros são incompetentes.

 

Sugiro um exercício: quando acharem que estão a ser mal atendidos, quando acharem que estão a sofrer algum tipo de descriminação, tentem por um momento sair da vossa fantástica bolha, carregada de perfeição e harmonia, e calcem as botas dos outros por uns minutos, porque muitas das vezes não é maldade, não é má vontade, não é descriminação, nem desrespeito pela vossa pessoa, é apenas tentarem cumprir o trabalho com o máximo rigor e eficácia, segundo as normas a que estão sujeitos, ainda que vá contra as nossas vontades, ou as vossas, neste caso. Já viram o que seria se todos fizessem o que lhes dá na real gana? Como se orientava o mundo, nestas situações?

 

Já o disse e volto a repetir, esqueçam o lema de o cliente tem sempre razão porque na realidade o cliente está longe de ter sempre razão, e sermos contrariados e ouvirmos um não, também faz parte da vida. Mas é mais fácil dizer "não volto lá", "pedi o livro de reclamações" "é tudo uma cambada de incompetentes" do que olharmos para o nosso umbigo e percebermos que os outros afinal também podem ter razão e as suas razões, para ser assim e não de outra maneira. Parafraseando novamente Jorge Palma "nós ambos temos opiniões (...) mas tenho de te convencer, que às vezes também posso ter razão. Também mereço ter razão." Cresçamos e deixemos de lado a mimalhice exacerbada, porque efetivamente não pode ser sempre feita a nossa vontade, porque "seja feita a nossa vontade assim na terra como no céu" é uma oração e não deve ser tida em conta como um dever absoluto!

 

Vamos respeitar mais as pessoas que atendem gente mal educada, mal humorada e desrespeitadora, o dia todo, sim?

 

Grata pela atenção. 

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 15.11.2016

    Nem é preciso estares a par efetivamente, porque a mensagem é no fundo pra todos, até para queles que não têm um blog e entram num estabelecimento já com vontade de arranjar discussão...
    A verdade é que há demasiada tolerância e falta de compreensão do outro... Tantas vezes que eu gostava de poder ajudar mais os meus clientes e satisfazer-lhes caprichos, mas efetivamente quando não é possível peço sempre que me compreendam. Acho que colocarmo-nos no lugar do outro é importante para vivermos em sociedade de forma harmoniosa... mas cada vez mais as pessoas vivem para si e com umas palas n os olhos para só se verem a si e as suas vontades... é triste...
  • Imagem de perfil

    Heidiland 15.11.2016

    Tens poucas pessoas a fazem isso, é que nos colocarmos no lugar do outro dá trabalho. Eu procuro criticar quem merece e gratificar quem merece. Já trabalhei no outro lado do balcão e sei o quanto custa, por isso tento dar sempre um desconto. 
  • Imagem de perfil

    Mula 15.11.2016

    E assim deve ser... Porque se por un lado é verdade que há muita incompetência por este mundo fora, verdade também é, que há muito exagero. Respeitar para sermos respeitados é o lema. 
  • Imagem de perfil

    Heidiland 15.11.2016

    Digo mais Image as pessoas deveriam escrever mais comentários positivos sobre determinado serviço do que negativos. Se existe o livro de reclamações não deveria existir um livro dos agradecimentos!? Já estive numa loja na baixa em que uma emprega foi super bem educada e uns dias antes na mesma loja a minha mãe foi super mal atendida. Não deveria haver um livro em que eu pudesse dizer que a empregada A foi super simpática? 
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.