Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Odeio não poder escolher...

Os resultados das candidaturas aos mestrados já foram divulgados: Uma vez mais, não entrei e uma vez mais não consigo entender como é que chegam ao valor da minha candidatura e como é que uma vez mais não entrei por um ponto. Acabo a minha licenciatura sendo uma das melhores alunas da turma, licencio-me com boa média, mas... Não é suficiente para me propor a pagar quase 2000€ por ano para aumentar os meus estudos, caso obtenha aprovação. Não estou a pedir nada dado... Queria pagar e ir. Mas não pode ser...

 

Ironias da vida, é que nem sabia se queria realmente ir - aliás candidatei-me no último dia, devido às indecisões -, porque a verdade é que tenho uma vida complicada para neste momento regressar aos estudos, mas gostava de ser eu a escolher. Gostava de ter essa possibilidade de escolha. Mas não... Já está decidido.

 

Agora que a resposta é negativa dou por mim a desejar o mestrado com ainda mais vontade. Perdermos o controlo da nossa vida é tramado e o karma é realmente uma coisa deliciosa!

 

Quando há dois anos atrás fui recusada pela primeira, vez criei um blog... E agora, faço o quê? 

 

Trabalha Mula, que é para isso que te pagam! 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 11.07.2017

    Põe subjectivo nisso... aliás é tão subjetivo que não entendi rigorosamente nada... Eu tenho uma média de licenciatura de quase 17, não sei como é assim tão difícil entrar num mestrado, só porque não tenho experiência na área! é triste!


    Gostei do teu passatempo, mas.. não reúno as condições base, não tenho conta para ser seguidora no blogger. Mas olha, é um bom passatempo, parabéns! ^_^
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.