Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

O que é que acontece ao Dia dos Namorados...

... Depois de casar-mos?

 

Como muitos de vós saberão, caso-me em Junho deste ano, pelo que o próximo Dia dos Namorados é o último Dia dos Namorados que passo enquanto solteira.

 

Então, e depois?

 

Já não posso comprar coraçõezinhos, canecas com gatos, com corações e pétalas vermelhas para decorar a mesa? Ou o dia 14 de Fevereiro, estende-se a todos os apaixonados, casados, namorados, amigos coloridos, amantes, ... ou seja, a todas as pessoas com algum tipo de ligação amorosa?

 

Pensando que o Dia dos Namorados implica a inexistência de um papel, poderei concluir que após o casamento acaba o romance? A conquista? A proximidade e a cumplicidade? Os ctuxi-cutxi? O sexo apaixonado? O beijo de despedida matinal? Os presentes tão desejadamente ridículos, que fazem os amigos do casal rirem até à exaustão?

 

Ou significa apenas que já existe segurança suficiente para não ser necessário um dia para recordar que se ama, que se está apaixonado e que se quer oferecer presentes melosos e pseudo-fofos? E que todos os dias, passam a ser dias de romance, de conquista, de proximidade e cumplicidade, de cutxi-cutxi, de sexo apaixonado, de beijo de despedida matinal, e de oferecer presentes fofinhos, peludos e vermelhos?

 

Oh Céus! Então e agora? Digam-me rápido que ainda vou a tempo de cancelar a cerimonia, em prol desta festividade tão glico-doce e que tão infeliz faz, quem não tem a seu lado companheiro para a festividade!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.