Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Não é maldade juro que não. É só puro reflexo!

Nesta última vez que passei por Lisboa entrei numa loja habitualmente frequentada por turistas. Um dos moços da loja chega à minha beira com um tabuleiro de canapés e pergunta:

 

Do you want to try our spicy tuna?

 

E eu toda lampeira: Yes, please! Hmm.. Thank you!

 

Olho de repente para o lado, para o Mulo a olhar para mim com cara de chocado. O moço estende-lhe o tabuleiro e ele diz muito rapidamente: "Boa Tarde! Obrigado!" com um tom ríspido e ainda chocado a olhar para mim, como que a perguntar:

 

 

Confesso: só nessa altura percebi que tinha acabado de falar inglês com uma pessoa portuguesa em Portugal. Desatei a rir e pedi desculpa.

 

 

Há tantos anos que trabalho com estrangeiros que é habitual para mim falar em português, em espanhol ou em inglês sem estranhar, e por isso a resposta saiu-me totalmente de modo automático em inglês, já que a pergunta inicial foi em inglês. Notei pela cara do moço que ficou a achar que eu estava a querer passar por estrangeira, mas não foi de todo o caso, foi apenas uma questão de reflexo, tenho tendência em responder na língua que me perguntam de forma inequívoca e automática... Mas que me senti envergonhada, lá isso senti...

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 11.10.2017



    Aconteceu-me isso na Suiça, eu perguntei a uma menina se falava inglês - o meu francês e péssimo - e ela coitada estava a fazer um esforço enorme para falar em inglês comigo, e depois eu pergunto ao Mulo qualquer coisa em português, e ela desata a rir porque também era portuguesa
  • Sem imagem de perfil

    David Marinho 13.10.2017

    Vou começar a andar com tshirt's a indicar a minha nacionalidade
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.