Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Lutar contra o excesso de peso #4

Controlo... Controlo... Controlo... Pronto já me descontrolei!

 

Perdi totalmente o controlo sobre a minha mente, pela primeira vez nestas 6 semanas de dieta. Podia culpar isto ou simplesmente a aproximação da menstruação, mas a verdade é que eu sou uma fraca.

 

É verdade que já cometi várias facadinhas na dieta ao longo destas 6 semanas, até agora todos os fins-de-semana foram um grande problema, mas foi a primeira vez que senti verdadeira gula incontrolável, como sempre senti ao longo da vida, mas que agora andava bastante controlada. Das outras vezes eu escolhi comer porcarias, desta vez é como se não fosse uma escolha, mas quase uma obrigação. Poucos, acredito, compreenderão este sentimento, mas é algo que é quase incontrolável e quando se vai a ver... Já não há volta a dar, a menos que me torne bulímica e vá ali num instante deitar tudo cá para fora. Mas eu não sou assim. Eu sou bastante compulsiva com a comida e é uma sensação que começa com uma ansiedade e termina com um pedaço de chocolate na boca. O meu cérebro quase não chega a reagir.

 

Cheguei a casa com uma vontade louca de comer um grande prato de massa com queijo. Eu não posso comer hidratos à noite, dizem. Então, decidi fazer uma vitela estufada bem apimentada e comer um pouquinho de massa para tentar acalmar o vazio na alma. Não foi suficiente. Juntei um pouco de queijo chedder para ajudar. Não foi suficiente. Fui buscar um mini gelado de fruta que tenho em casa para as horas de maior aperto. Não foi suficiente. E quando dei por mim já o travesseiro de chocolate que estava escondido na prateleira de cima do armário - para eu não ver - estava a ser devorado. Pior é que agora estas coisas caem-me mal, e sofro não só psicologicamente como fisicamente...

 

Sinto que nestes dias todo o esforço do dia foi em vão. Comi pouco ao almoço porquê? Comi apenas uma gelatina ao lanche porquê? Andei a esforçar-me para não comer fora dos horários estabelecidos para quê?... Sinto apenas que estraguei tudo.

 

E o que faziam os travesseiros em casa, perguntam vocês e muito bem? Por mim, acreditem, era algo que não entraria, mas alguém os traz porque diz que há alguém nesta casa que pode comer, e que eu sou adulta e por isso posso decidir o que como ou não como. Entendesse ele que não é nada assim...

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.