Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Lutar contra o excesso de peso #16

1.JPG

 

E chegou a tão temida consulta com a nutricionista pós-festas.

 

Antes de continuar, relembremos:

           - O meu objetivo: Chegar a 2018 abaixo dos 70kg.

           - O objetivo da nutricionista: Manter o peso.

 

Claramente aqui a doutora é ela, a experiência é dela e eu não percebo nada disto. Achei que não seria uma tarefa impossível perder 1,5kg em três semanas. Claramente ela conhece-me melhor do que eu e foi difícil manter o peso, quanto mais perder 1,5kg em três semanas. Claro que seria mais ou menos fácil se essas três semanas não englobassem o Natal, o Ano Novo e os Reis. Claramente estas três pequenas e quase inofensivas palavras têm mais peso do que achei que poderiam eventualmente ter...

 

Cheguei a dizer com orgulho que perdi peso no Natal. Ainda hoje não percebi o que aconteceu, mas após ter passado dois ou três dias a alimentar-me à base de pudim, queijo e bolo rei a balança quis dar-me um presente, e numa espécie de milagre de Natal os números desceram. Dei pulinhos de alegria, achei que o organismo estava mesmo a precisar de uns miminhos para arrebitar e acelerar.

 

Presente envenenado, ou dona do organismo mais desnaturada de sempre? Não sei, mas no Ano Novo engordei o que deveria de ter engordado no Ano Novo e no Natal! Que bom! Universo equilibrado este. E agora? E agora tinha uma semana para pelo menos equilibrar as coisas e ser o orgulho da nutricionista e conseguir pelo menos alcançar o objetivo por ela proposto: manter.

 

Na consulta: "Parabéns, conseguiu o que muita gente não consegue. Não só conseguiu não engordar, como ainda conseguiu perder algumas gramas [200g para ser mais precisa], e alguma anca. Acredite ou não são poucos os que conseguem esta proeza! Mal ela sabe, ou talvez até saiba, que eu perdei pelo menos 1kg e 200g! No mínimo isso!... Por isso até foi um feito do caraças visto por este prisma. Apesar do balanço final ter sido menos 200g, o real foi menos um quilo e tal. É bom, certo? Vamos acreditar que é bom.

 

A parte má é que posso mentir à nutricionista mas não posso mentir àquela balança do demo e pela primeira vez a gordura visceral subiu um pouquinho. "Nada alarmante", disse ela, "mas vamos aqui fazer um esforço extra, pode ser? E daqui a 15 dias quero-a abaixo dos 70kg como tanto quer!" Claro que sim! A doutora manda! Ou veremos se manda é que afoguei as mágoas num croissant ao pequeno almoço, num big mac ao almoço e num jesuíta ao lanche!... Mas já sabemos que, eu, que não tenho dia do lixo oficial, instaurei que dia de consulta é dia do lixo. É o dia em que como tudo o que me apetece, em que afogo as mágoas e as vitórias para no dia seguinte começar com mais energia. Tem resultado!

 

Tenho de me mentalizar que tenho de voltar a subir à bicicleta que jaz no quarto de arrumos... Quero tanto ver um 60 na balança! Dizem que querer é poder certo? Tudo apostos? 'Bora lá continuar este longo e desconsolado caminho!

 

Capturar.JPG

Como seria mais fácil a vida se tudo o que fosse saudável soubesse a lasanha...

13 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 11.01.2018 17:52

    Eu peso-me todos os dias. É quando vejo o número a aumentar que ganho tino porque às vezes acho que sou um pouco indestrutível "ah não vai ser por comer isto e aquilo que vou engordar!" quando percebo que não é assim que funciona ganho juízo...
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 11.01.2018 20:20

    Compreendo,mas não te esqueças que o sistema hormonal também faz os números oscilarem...
  • Imagem de perfil

    Mula 11.01.2018 20:31

    Claro que faz, mas não te esqueças do que acabaste de dizer: "não tem havido freio", as hormonas não ajudam, mas se não ajudares com a boca mais difícil se torna, e por isso é que a balança deve ser nossa aliada para nos ajudar a motivar... se aumentares de peso e culpares aquele pãozinho extra que comeste pode ajudar-te a ganhares força no dia seguinte para fazeres diferente, pelo menos comigo olha... funciona.
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 11.01.2018 21:58

    h,mas eu não estava a falar de mim! E estou a fazer quase tudo o que não devo - a parte das 18:00h sou uma santa, mas até aí tenho tido dias do demo.

    Eu não posso agora desandar faer demasiados cortes senão afundo... e ou eu mato-me ou mata-se o meu terapeuta (piada sem piada)

    Ou seja, neste momento, o peso/a gordura é o menor dos meus problemas... tem de ser tratado como tal. Até ver.


  • Imagem de perfil

    Mula 11.01.2018 23:15

    A morrer alguém que seja o terapeuta, a culpa é sempre do terapeuta! [tentativa de piada para desanuviar ]


    "neste momento, o peso/a gordura é o menor dos meus problemas"
    Certo, mas se depois se tornar um problema maior pode tornar-se numa bola de neve... por isso mesmo assim, cuida-te.
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 11.01.2018 23:39

    Eu cuido. Em termos de análises, tensão, glicemia e colesterol está tudo nos normais (mais normais de que o peso que tenho).
    Sabes, estas coisas da psique matam mais que os problemas com a obesidade. Em poucas semanas acredito que já estarei de pé outra vez. Daqui até lá, estou proibida de cortar os poucos prazeres que tenho. Felizmente comer não é um deles, mas como as ansiedades com açúcar...
    Mas em menos de nada estou outra vez em pé.

    (as porcarias das depressões invalidam qualquer bom termo...)

    Mas obrigada pela preocupação...
    Gosto de ti, porra (sotaque alentejano)
  • Imagem de perfil

    Mula 12.01.2018 02:54

    Pois que eu também, e é por isso que me preocupo!

    Mas é certo, se tens algo que te dê prazer, nem que seja um pote de chocolate e gelado, força com isso!.. Temos de buscar a felicidade onde a conseguimos encontrar!

    Não gosto de te ver assim...
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 12.01.2018 14:43

    Vai passar. Já passei por crises muito piores...
    Com calma,vai. Opior foram as três semanas de Dezembro em que não tive terapia. Apanharam o Natal, e isso é o fim do mundo. Por alguma razão quase que todos os deprimidos pioram nesta quadra...
    (acreditas que não tive um único presente de Natal? Recebi o único há dois dias, enviado pela minha filha..)
  • Imagem de perfil

    Mula 12.01.2018 15:24

    Bem confesso que isso também era suficiente para me deixar muito mal, porque eu adoro receber presentes. Ainda sou a rainha da casa e sou sempre eu que recebo mais presentes no Natal porque sabem que eu adoro o desembrulhar - não o valor da peça em si - e embrulham-me tudo em separado para eu viver a época que nem uma criança...

    E deixares de alimentar o teu marido não? Tranca os armários todos, ele merece! Como é que não te oferece um presente?
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 12.01.2018 15:41

    A gente combinou e coiso, mas eu sempre pensei que ele me fizesse uma surpresa... até podia ser um postal... falámos. Ele jura que nunca mais volta a acontecer, nem de longe.
    Fechar os armários seria mais ao marmanjo que pari há 21 anos, vive cá em casa e se está a borrifar. Isso é que é algo a considerar...
  • Imagem de perfil

    Mula 12.01.2018 17:32

    Fechas os armários aos dois e ponto! ahahahahahahaha

    Sabes que os homens são muito quadrados... acham que falamos a sério, esquecem-se que gostamos de mimos e que às vezes nem é o valor das coisas é o gesto...

    Por exemplo este ano eu dei-lhe a prenda dele fora de horas - porque não chegou e eu tive depois de ir comprar a uma loja física com ele - e então disse-lhe que não queria que ele me desse nada porque ele não iria receber nada de mim nesse dia. Deu-me uns bilhetes para um stand-up comedy, que acabaria por comprar noutra altura porque sabe que eu iria querer ver e aproveitou e deu-me como prenda, foi uma jogada de mestra. Eu fiquei feliz, ele ficou feliz, ficamos os dois. xD [Mas isto porque uma vez não me comprou prenda de aniversário e eu fiquei amuada com ele quase um mês....]
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 12.01.2018 18:35

    Eu não amuo... deprimo.
    Mas é: têm de sr tudo grandes gestos...
    Já fiz isso: já lhe ofereci bilhetes para um concerto que queríamos ver os dois.
    Ele não liga nenhuma a presentes. É mais como os putos: quando quer uma coisa não se cala enquanto não a tem. E depois se lhe ofereço uma prendinha simbólica, não gosta porque "não é útil".
    Daí que oferecer o que quer que seja ao senhor meu maridosejauma valente or de cabeça.
    Já para mim é fácil, fácil...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.