Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Gratidão

 

Não, não vou aderir ao diário de gratidão e agradecer diariamente o que de bom me acontece. Mas esta eu não poderia deixar passar em branco.

 

Obrigada Mãe!

 

Eu não conseguiria sobreviver devidamente estes dias sem a minha mãe! A minha mãe abdicou do seu trabalho durante esta semana para ficar comigo, para cuidar de mim, para me alimentar, para me ajudar a vestir, para estar aqui para o que for preciso. A minha mãe abdicou de uma semana de férias, que poderia utilizar para um melhor propósito, para ficar comigo e me ajudar.

 

Bem sei que fui operada ao nariz e não às pernas, mas, e só quem passa por isto é que sabe, não posso fazer movimentos bruscos, tenho de estar o dia todo deitada, andar gera demasiadas dores e pode causar hemorragias. Levantar para ir à casa de banho, dói, dói muito. Tomar banho dói, dói muito e uma coisa simples como vestir umas calças, calçar umas meias e/ou abrir uma gaveta mais baixa é simplesmente dramático, porque a cabeça tem sempre de estar hirta, nada de tombar para a frente porque isso pode gerar hemorragias, e se ganhar hemorragias tenho de ir para o hospital e ir para o hospital pode gerar novo internamento, e atrasar a recuperação e prejudicar-me. Por isso, não consigo imaginar-me sozinha neste momento.

 

E isto levanta-me uma grande questão: E se eu não tivesse ninguém? E se eu fosse uma pessoa sozinha? E se eu estivesse com alguém que não estivesse na disposição de abdicar da sua vida para cuidar de mim? Não consigo nem imaginar... Mas imagino que lá me teria de adaptar, há tanta gente sozinha que se adapta e que consegue, e que sobrevive. Mas dou graças por não saber o que isso é, e por aos 30 anos ainda ter uma mãe na plenitude da sua energia que me possa ajudar.

 

Quero também agradecer a todos os meus amigos que neste momento estiveram comigo, e que me mandaram inúmeras mensagens de preocupação e um xi-apertado a quem me surpreendeu no hospital e me visitou sem aviso prévio.

 

E por fim, quero agradecer a todos os meus leitores e todas as mensagens de carinho recebidas! Vocês são os melhores seguidores do mundo!

 

 

Muito obrigada, do fundo do meu coração!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.