Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Estou numa de escárnio e maldizer!

 

Esta música, não sei se pela [modo ironia on] brilhante letra [modo ironia off], se pelo  [modo ironia on] ainda mais brilhante videoclip [modo ironia off], faz-me lembrar vários tipos de gajas:

 

          - Aquelas que gostam de parecer finas, usam roupas caras, mas abrem a boca e não escondem as suas origens. (Atenção que não estou a criticar o local de onde são oriundas, mas o facto de tentarem transparecer uma realidade paralela.)  

 

          - Aquelas que adooooram andar de saltos altos, com os chamados 'tamancos', mas depois não fazem a mínima ideia de como andar e parecem pinguins a fugir do degelo. (E agora, vocês dizem: "oh Mula, mas tu também não sabes andar de salto...", correctíssimo, por isso é que não os uso... fica a dica.)

 

          - Aquelas que se vestem como hookers, mas depois não gostam que ninguém as acuse de serem umas ardidas e fazem-se de virgens ofendidas. (Cada um deve vestir-se como se sentir bem, mas já se sabe, quem se veste como quer, ouve o que não quer.)

 

          - Aquelas que vivem para as aparências e vivem para publicar no facebook, festas, amigos e afins para causar inveja, e às vezes, vai-se a ver, e sentem-se sozinhas porque à volta delas, como dizem os brasileiros "é só piranhas". (Uma vez mais, cada um é livre de pôr o que quiser, o facebook é delas e são elas é que mandam, eu só não gosto é de pessoas que vivem das aparências... mas acho que isso já tinham reparado.)

 

Dizem que as mulheres são umas más línguas, não é verdade? Pois bem, este foi o momento de mal-dizer de hoje, e por hoje, acho que já chega!

 

P.S.: Não levem isto a peito... foi só um desabafo, fica só entre nós!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.