Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Estou de coração partido...

Há pouco, veio cá à loja, um senhor, um sem-abrigo.

 

Não, o senhor não veio pedir dinheiro... Ou comida... Ou algo de valor. O senhor veio cá porque precisava de uma caixa para dormir... Infelizmente não tinha nada comigo, nem uma peça de fruta, nem um iogurte... Nem a caixa que o senhor precisava...

 

Fiquei com o coração tão apertadinho...

 

Claro que eu sei que os sem-abrigo existem, que precisam de tantas e tantas coisas... mas infelizmente, sou um comum mortal: só quando me batem à porta é que o meu coração se amarfanha de tal maneira que até dói...

 

O meu colega diz que a culpa é dos trabalhadores sociais... no fundo, então, a culpa é também um pouco minha, e acaba por ser um pouco de todos. Porque me dói na alma, mas não faço nada para mudar coisa nenhuma...

 

Enfim... fiquei deprimida e de coração partido!

 

[O senhor entretanto, arranjou uma boa caixa, grande, na loja em frente.]

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.