Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

E pronto, e fecharam a circulação entre concelhos...

Imagem retirada daqui

 

Chateia-me - e revolta-me! - que fechem as fronteiras do meu concelho, que me confinem a uma área sem que tenha voto na matéria ou direito a opinião. Chateia-me, essencialmente, que eu seja privada da minha liberdade devido à ignorância das pessoas. Isto do encerramento dos concelhos nesta altura, é o mesmo quando amarram os loucos em camisas de forças para que não se magoem a si próprios. Isto é, apenas, porque as pessoas são inconscientes e não têm bom senso nos seus actos.

 

Por mim, a solução passaria apenas por encerrar os cemitérios - podem ler a minha adoração ao Dia de Finados aqui - mas ao que parece não contentes por irem plantar luzinhas e flores na campa da pessoa que nem se lembram que existiu, ao longo do ano, as pessoas ainda se juntam em debandada em casa umas das outras, para brindar, quiçá ao morto. Mas depois fico confusa, porque permitiram as pessoas irem em debandada para o Avante, permitiram as pessoas irem em debandada para o Autódromo Internacional do Algarve, permitiram e permitem as pessoas andarem em debandada uma série de vezes, mas no entanto, eu não posso circular de concelho entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro. Eu, que não vou colocar luzinhas nas campas, nem faço festas clandestinas pró-covid. Já sei pelo pecador paga o justo mas...

 

No Natal a historia vai se repetir... Na páscoa, e por aí em diante.

 

Atinem pessoas!

 

Atinem porque estou farta de pagar pelas vossas parvoíces... e tenho pessoas que são importantes para mim fora do meu concelho, do outro lado do rio!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 09.11.2020

    Bastante triste...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.