Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Diário de Bordo de Londres #Dia 4 - O último dia

1463073462687.jpg

 

E este foi o nosso último dia em Londres, foi dia de dizer adeus e regressar a casa. Foi por isso um dia mais calmo, porque acabamos por ficar nas imediações do local do transfer, que era perto da estação ferroviária de Victoria.

 

 

Apanhamos o mesmo comboio de sempre, até London Victoria e fomos ver os comboios a partirem e a chegarem... E é incrível, a quantidade de comboios que passam num só minuto nesta estação.

 

Victoria.jpg

 

Fomos, entretanto, tomar o nosso último pequeno-almoço ao Pret - como não podia deixar de ser - e fomos depois comprar o almoço ao supermercado para irmos para o St. James Park passar o resto da manhã.

 

A caminho do St. James ainda encontramos Os Guardas do Palácio de Buckingham. É sempre um deleite vê-los a desfilar! Já tive o prazer de ver a troca dos guardas mas... É demasiada confusão para o meu gosto, é engraçado, é um ritual curioso, mas é demasiada gente, e a Mula não gosta de estar rodeada de tanta gente.

 

Guardas.jpg

 

O dia estava bastante agradável, não estava demasiado calor, não estava frio, o sol brilhava, e foi bom ficar de papo para o ar, deitados na relva e descansar. Como podem ver pelas seguintes fotografias é muito normal as pessoas estarem deitadas nos parques, e como podem também ver, não usam toalhas, ou mantas, ficam completamente em contacto com a natureza sem medo de se sujarem.

1463077003173.jpg

Viemos para o parque para descansar... E para nos divertimos, claro. E por isso o nosso amigo Muppet também se juntou à brincadeira! Somos doidos? Nós sabemos... e somos felizes assim!

 

Muppet.jpg

 

Vimos corvos a correr atrás de pombas, vimos pombas a tentarem roubar a nossa comida, vimos esquilos a descansar nas árvores... Vimos tanta coisa que acabamos por ficar com fome... E então iniciamos o nosso fantástico e light almoço.

 

Para mim cuscuz com uvas passas com mel e sumo de laranja. Para ele cuscuz som legumes assados com sumo de limão. A dividir: um wrap de frango e bacon, um sumo de fruta e uma salda de fruta com manga, morangos, kiwi e ananás. O que eu gosto nestas refeições já prontas é a frescura. Apesar de serem embaladas, quer a fruta, quer as saladas têm um ar fresco e um sabor acabado de fazer. Uma delícia.

1463076621893.jpg

Acabados de almoçar fomos dar de almoço... A quem? perguntam vocês! A quem haveria de ser? Claro! Aos esquilos! Haverá algo de mais relaxante do que conviver com estes baixinhos fofos?

 

Esquilos.jpg

 

E foi chegada a hora de darmos uma ultima volta pela cidade, e de vermos os últimos autocarros londrinos a circular.

 

Bus.jpg

 

Foi altura também de os problemas começarem. Chegamos aos transferes da National Express com uma hora de antecedência na esperança de conseguirmos apanhar o autocarro anterior para o aeroporto. Só que... Não houve autocarro anterior, nem houve o nosso autocarro. O pânico! conseguimos um transfer quase meia hora depois do que o previsto:

 

Transfer.jpg

 

Só que havia um acidente qualquer numa estrada principal e ao contrário da viagem anterior que demoramos 1h20 na ligação. Demoramos 2 horas SÓ para sair de Londres! Novamente o pânico! Comecei a ver o avião a partir sem nós, o nosso orçamento para o resto do mês ser gasto na viagem de regresso, e eu a ficar umas centenas de euros mais pobre. Entretanto escapamos ao trânsito e chegamos ao aeroporto. E afinal ainda chegamos com tempo e ainda tivemos tempo para um lanche antes de partirmos, até porque ainda tínhamos umas horas de voo pela frente. Foi então altura de, e agora sim, nos despedirmos dos croissants da Pret, com um smothie de morango, que estava uma delícia.

 

pret.jpg

 

E se as coisas estavam a começar a acalmar, voltou a existir confusão no avião. Chegamos aos nossos lugares - que eram juntos - e estão ocupados! A sério??? pensei. Só podia estar enganada, voltei a olhar para os bilhetes, pedi ao Mulo para ver novamente nos bilhetes que ele tinha porque só podíamos estar enganados. Até que a senhora que estava no MEU lugar, decidiu manifestar-se, uma senhora brasileira, pouco simpática:

 

Senhora: São vocês que têm estes lugares?

Mula: Correcto, esses lugares são nossos!

Senhora: Falem com a hospedeira que nos tiraram os nossos lugares!

 

Eu já começava a espumar pela boca, quando a hospedeira se aproximou e questionou o que se passava. Explico que tinha os bilhetes para aqueles lugares e que estavam ocupados. Sugeriu com um sorriso que me sentasse ali ao lado que ela arranjava já um outro lugar para o Mulo. Eu? Mula Maria com lugares marcados para perto do Mulo e iria ficar separada? A menina hospedeira ainda não tinha percebido a quem tinha pedido tal coisa!

 

Mula: De modo algum! Se compramos lugares juntos, voaremos juntos, se não for nestes lugares, serão em qualquer outros, mas se não me arranjar lugares juntos, eu quero o meu lugar, por alguma razão existem lugares marcados!

 

Atrapalhada a hospedeira foi ver por que é que a outra senhora estava lá sentada e rapidamente regressou para nos explicar que a brasileira tinha comprado lugares para a saída de emergência, mas que como tinha uma criança não poderia ir lá. Mas que então, se não nos importássemos, e já que queríamos estar juntos, poderíamos ir para os lugares deles na saída de emergência, se não conseguisse arranjar outros lugares. Assenti. E lá fui eu e o Mulo para os lugares mais largos do avião sem pagar um cêntimo.

 

O que me revolta é a falta de organização, se aquela senhora não podia ir estar naqueles lugares, efectuavam a troca com alguém que já estivesse no avião e não a deixavam ocupar um lugar qualquer à sorte, é que não faz qualquer sentido. É só... parvo! A parte cómica, é que eu a reclamar em português sou uma coisa... Em inglês fico bastante mais estrambólica e tento ter muito cuidado com as palavras que utilizo...

 

ryanair.jpg

 

Viajamos bastante confortáveis com os pés esticados. O único senão é que me obrigaram a separar-me das minhas coisas, inclusive do meu casaco - por motivos de segurança - e fiquei sem o meu cartão visa para comprar um perfume da Calvin Klein que estava em promoção e que eu queria tanto comprar. 

 

Mas pronto, a verdade é que duas horas e meia depois já estávamos no Porto, apesar de o nosso coração continuar em Londres!

 

Termina assim este diário de bordo sobre esta fantástica viagem. Espero que tenham gostado.

 

____________________________________________________

Se só agora chegaram e viram estas imagens, saibam que podem ver mais aqui:

#Dia 1 |   #Dia 2 - Parte 1   |   #Dia 2 - parte 2   |   #Dia 3 - parte 1   |   #Dia 3 - parte 2

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 16.05.2016

    Todos os motivos são bons para viajar! :D
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.