Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio | Passa-Palavra #Amor - Texto do Monteiro

E continua-se a falar de amor!... 

 

E que dizer dos textos do Monteiro que já não se tenha dito antes? Gosto muito! Como sempre tem tanto de ternura como de fatalidade. Gosto da dose de cada elemento. E é assim que esta sexta-feira 13 ganha uma nova cor.

 

Vamos lá continuar a falar de amor...

 

_________________________________________

Falou-se sobre amor, e é com amor que fecho (por enquanto, pois se houver novas edições nos mesmos moldes, participo com todo o gosto), a minha participação neste desafio. 

Agradeço imenso a cedência do teu espaço e o "feedback" (não gosto de usar esta palavra) da malta. Fico contente por saber que há quem goste daquilo que escrevo, embora tenha a noção que existe sempre algo para melhorar! Deixarei um agradecimento público no último texto, pois todos os comentários que li não foram esquecidos nem foram passados em claro. 

Ora, sem mais delongas, cá vai o texto: 



AMOR? 

 

"Amor? 

Amor são trezentas mil formas de se sentir e de fazer. 

São como os muitos pães, de diferentes formas e feitios, acabados de cozer.

Cada um com formas e sabores diferentes, mas em que o apetite é saciado. 

Aqui o amor sacia a alma, embora seja algo que nunca esteja acabado. 

É obra eterna em construção, cujos alicerces assentam no lodo da traição. 

Amor é toque e beijo que nunca se irão esquecer, mesmo que esses momentos se acabem por perder. 

Opá, amor é um fim para se chegar ao fim da felicidade, embora haja quem seja feliz no reino da falsidade. 

É perda pelo caminho, é uma lágrima a escorrer quando te recordas daquele caminho. 

Para uns quantos felizardos, é a lotaria da sorte, porque é algo que fica para além da morte. 

Para os solitários é uma quimera, talvez uma infelicidade pelo tempo que se espera. 

É guerra, é fome, é paz, é fartura. 

Falam-me disso como se fosse um lago de ternura. 

Amor são palavras escritas em poesia. 

É loucura em cada palavra, imersa em maresia. 

É o que vejo. 

É o que tu pensas. 

Para muitos, pode não ser nada demais. 

Para nós, é algo que vemos de forma diferente, porque nós não somos (mesmo) iguais."

 

________________________________________

Desafio passa-palavra criado pela Mula e pela Mel. Todos os domingos e durante - para já - oito semanas, sairá uma palavra para vos inspirar a escrever sobre ela. Quem quiser é livre de se juntar a nós, sem compromissos ou prazos apertados. Escrevam, porque escrever liberta a alma. A quem participar nos seus blogs, aqui as meninas pedem apenas que nos identifiquem nas publicações, para podermos ir ler-vos e comentar-vos! Bom desafio a todos o que connosco embarcam.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.