Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio | Passa-Palavra #Almofada- Texto do Monteiro

O meu cantinho é meu, é vosso, é do mundo! Porque eu quero é que vocês escrevam porque já sabem a minha máxima: Escrever liberta a alma! Por isso deixo-vos com o Monteiro! Obrigada Monteiro por continuares firme connosco!

 

_________________________________________

Antes do mais, permite-me que agradeça mais uma vez a oportunidade de participar neste desafio. Tem sido importante para mim - e fico contente por saber que há quem goste do que escrevo. Embora eu não me tenha manifestado, fico muito agradecido pelo carinho com que tenho sido tratado neste desafio. Peço desculpas se alguém ficou triste comigo, não sendo, certamente, a minha intenção em fazer isso acontecer. 

Embora na semana passada o Vento tenha sido um tema aliciante, confesso que não consegui encontrar nada na minha cabeça que se adequasse ao desafio proposto. Daí que não tenha participado, pelo que renovo o meu pedido de desculpas. 

Mas, no entanto, deixo aqui o texto do desafio desta semana: falamos da almofada, a melhor amiga de muita gente! =D 

Ora cá vai: 



SE ELA FALASSE... 

Ela lá está. Todos os dias. Não me falha. Nunca me falhou. 
Ali, deitada na cama, sempre à minha espera, para passarmos mais uma noite juntos. 
E ela terá paciência, muita paciência, para os meus abraços, para os meus amassos. Para as minhas angústias, para as noites mal dormidas. 
Se ela lesse o meu pensamento... se ela falasse. Oh! Se ela falasse! 
Se ela falasse, talvez ficaria chocada com a guerra que se desenrola dentro da minha cabeça. Se calhar, indignar-se-ia com os meus princípios. Ou talvez não. 
Se ela falasse, talvez me desse umas chapadas na minha alma. Se ela olhasse... talvez sentisse o olhar duro numas ocasiões, o olhar complacente noutras, na maioria das vezes, teria o olhar neutro, de tantas noites que passamos juntos. 
Se calhar, quem sabe, será a melhor guardiã dos meus segredos. 
E ela teria a sua ética. 
Pelo menos, abrir-me-ia para mais e melhores pontos de vista. 
Pelo menos, eu poderia trabalhar melhor a minha empatia com ela. 
Mas muito bem... ela lá está. 
Todas as noites. 
Uma após outra. 
E ela, nunca falha. 
Nunca falhou. 
Só não passou férias comigo. 
Mas, quem sabe? Se calhar ela bem as merecia, e eu teria as minhas noites agitadas do costume. 
Nunca me deixou para trás. 
Muito embora ela tivesse ficado para trás algumas vezes. 
Se ela falasse...

 

_________________________________________

Desafio passa-palavra criado pela Mula e pela Mel. Todos os domingos e durante - para já - oito semanas, sairá uma palavra para vos inspirar a escrever sobre ela. Quem quiser é livre de se juntar a nós, sem compromissos ou prazos apertados. Escrevam, porque escrever liberta a alma. A quem participar nos seus blogs, aqui as meninas pedem apenas que nos identifiquem nas publicações, para podermos ir ler-vos e comentar-vos! Bom desafio a todos o que connosco embarcam.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.