Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio de escrita dos pássaros #1 Problemas... Só Problemas

É porque está sol e é porque não está sol. É porque está a chover e porque não chove. É preciso que chova. Mas não pode chover demais... Ou de menos. É porque as temperaturas são demasiado altas, demasiado baixas, demasiado amenas. É porque é verão e porque é inverno. É porque já não há meias estações, ou porque as há em excesso. É porque está vento, ou porque não corre nem uma aragem.

 

É porque apareceu cedo demais, ou tarde demais. Ou simplesmente porque não apareceu, ou então porque apareceu. É porque anda demasiado rápido... Ou demasiado devagar. Ou simplesmente porque anda... Ou porque está apenas parado.

 

É porque quer ter filhos ou é porque não quer ter filhos. Se não quer casar... É leviana! Se quer casar... É só mais um carneirinho do bando!

 

É porque leva um decote demasiado acentuado e é banal, ou é porque é pudica e leva gola até ao pescoço. É porque usa roupa demasiado apertada, demasiado larga, ou simplesmente desajustada. É porque usa azul, ou amarelo, ou rosa.

 

É porque faz dieta. É porque come demais. Ou porque não come. Ou não come o que devia. É porque é demasiado alta, demasiado baixa, demasiado gorda ou demasiado magra.

 

É porque sim, e é porque não.

 

Vivemos numa sociedade perita em encontrar problemas... Só problemas... Em tudo!

 

_______________

Este foi o primeiro texto do Desafio de Escrita dos Pássaros. Entretanto podem ler este e outros textos aqui.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 16.09.2019

    Obrigada!
    É triste... Mas infelizmente será sempre assim...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.