Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Da vida...

 

Por vezes entro em introspeção. A mudança do ano propicia essas análises e por vezes sento-me a pensar na vida, a analisar a minha vida. Facilmente chego à conclusão do que gostaria de mudar, do que gostaria de manter. A dificuldade prende-se com a forma. É muito fácil querer que algo seja diferente o difícil é perceber o que é necessário para que assim seja, diferente.

 

Assim à primeira vista gostava de ter mais tempo para mim, gostava de ir para um ginásio, gostava de fazer outras coisas que gosto e gostaria de ler mais. Gostava de fazer um curso de culinária e outro de fotografia gastronómica. Gostava de conseguir poupar mais. 

 

Não consigo. Não sei como fazer diferente, e fico a pensar que sou uma péssima gestora de tempo. Que sou até um pouco preguiçosa, que não me esforço o suficiente para ser diferente, que se os outros conseguem eu também deveria de conseguir.

 

Mas depois analiso de um outro prisma. O meu tempo é que parece mais escasso que o dos outros. Saio de casa às 10 horas, regresso apenas às 21 horas. Isso faz com que jante por volta das 22 horas, e que só me consiga deitar por volta da meia noite, quando não me deito mais tarde. Demoro no mínimo uma hora para adormecer - desde miúda que sou assim - isso faz com que durma oito horas - tal como preciso - e acordo fresca e fofa às 9 horas para recomeçar um novo dia. Onde cabe um ginásio nesta rotina? Onde cabe mais tempo para mim? Onde cabe mais tempo para os meus hobbies e para os livros?... Onde cabe tempo para fazer algo que não faça parte da rotina? 

 

Se calhar acusar-me de má gestão e de preguiça é ser um pouco injusta comigo... Ou o dia ganha horas extras ou então nada mudará... Mas precisava tanto que algo mudasse...

 

Não me leiam em tom de lamento, que bem sei a sorte que tenho em ter um trabalho em que sou minimamente valorizada... Mas gostava de trabalhar para viver, e não de viver para trabalhar...

 

Dará para ver a vida de um outro prisma?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 08.01.2018

    Ao sábado trabalho, fim-de-semana para mim é só domingo, e é o dia dele... Eu demoro uma hora a adormecer estando quieta e no escuro. Eu leio quase sempre um pouquinho na cama, mas não dá para rentabilizar tempo nesse sentido.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.