Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Curtas do dia #249

Um dia destes tropecei no chavão vive cada dia como se fosse o último e reflecti seriamente sobre ele. Conclui que é dos chavões mais perigosos que se pode dizer a alguém...

 

Se eu vivesse cada dia como se fosse o último, estaria desempregada - não iria gastar o meu precioso tempo a fazer o que não me dá prazer -,  pesaria uns 200kg - obviamente aproveitaria para comer tudo o que pudesse e me apetecesse - e provavelmente não teria amigos - por mais frontal que seja, tenho uma coisa chamada de filtro social que me impede de dizer TUDO o que penso. 

 

Por isso, a sério, não me digam vive todos os dias como se fosse o último porque isso seria efectivamente a minha desgraça. 

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 19.04.2016

    Eu sei que sim, mas ainda assim, não deixa de ter o seu perigo, uma vez que é complicado seleccionar e circundar o que deve ser vivido dessa forma ou não. Claro que devemos minimizar ao máximo o ruído das relações e chatear-mo-nos o mínimo possível para não causar esses tais remorsos que a Caracol fala, em situação fatal. Mas se pensares pelo outro lado, pelo lado do tempo que se gasta em coisas que não nos dão assim tanto prazer vais perceber, porque trabalhando o dia inteiro, não passamos o dia com quem realmente queremos e gostaríamos, e se hoje tivesse sido o último? Se hoje tivesse sido o último não terias tido tempo para te despedires convenientemente (bem eu hoje até que tenho tempo, mas isso são outros 500)...
  • Imagem de perfil

    Psicogata 19.04.2016

    Não é uma questão de nos despedirmos mas de ter em dia as questões, não deixar para resolver depois, muitas vezes pensamos temos tempo e depois o tempo passa e as coisas não se resolvem.
    Quanto ao tempo que passamos no trabalho é a questão de trabalharmos em algo que gostamos e nos dá prazer, nos dias que correm não é fácil é certo, mas muitas vezes acomodamo-nos com o reconforto que um dia as coisas serão diferentes e o que é certo esse dia muitas vezes não chega.
    Contra mim falo.
  • Imagem de perfil

    Mula 19.04.2016

    Claro que sim, e tens razão no que dizes... Mas hoje em dia quase ninguém trabalha no que gosta, e não são só por questões de comodismo... É muito fácil cantar a canção "muda de vida, se não estás satisfeito" mas as contas continuam a cair na caixa do correio todos os meses... 
  • Imagem de perfil

    Psicogata 19.04.2016

    Claro, como escrevi nos dias de hoje não é fácil, mas muitas vezes, não digo que é o teu caso, também nos acomodamos.
    Dou-te o meu exemplo fui ficando e quando quis mudar tinha-se instalado a crise e nos dias de hoje trocar o certo por o incerto é uma decisão muito complicada.
    Agora tenho de aguentar.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.