Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Coisas que acontecem por cá...#20

Estava a almoçar, e não me refiro de modo geral à minha hora de almoço, estava mesmo a almoçar, de prato à frente, a mastigar, a beber, essas coisas, acho que já compreenderam. Importa também referir que estava em local oportuno para o efeito, ou seja, na copa. Estava então almoçar, como vos dizia, com uma colega e falávamos animadamente. 

 

Entra um colega.

 

Colega: Ah... se calhar vim em má altura.

 

Mula: Ah não, esteja à vontade. - E porque pensei que se referia ao facto de estarmos as duas a conversar animadamente, até puxei a minha bolsa da marmita para mim para dar espaço ao homem para se sentar. Mas o homem não se sentou e fica especado a olhar para mim.

 

Colega: Ah sim, já percebi que vim mesmo em má altura... - e continua especado a olhar para mim com cara de parvo.

 

Mula: Mas o que é que precisa?

 

Colega: Precisava que me instalasse a impressora no meu PC!

 

 

Passei-me!

 

Mula: É, realmente veio em má altura, como vê estou a almoçar. Tenho todo o gosto em lhe instalar a impressora no computador, mas tem de vir outra hora, agora não o consigo ajudar.

 

E ele vai embora!

 

Mas qual a necessidade de ouvir uma resposta destas? Ai a sério que fervi. Até a minha colega ficou parva com o facto do homem não ter percebido que se estava na minha hora de almoço que não ia parar tudo o que estava a fazer comer porque o menino não podia esperar 1 hora pela instalação de uma impressora!

 

Depois, foi embora e esqueceu-se de me entregar o PC... Era a urgência que era muita!

 

 

Deus dê-me paciência que se me der força...

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.