Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Cansaço é uma espécie de lixo?

O Mulo tinha de fazer uma pequena deslocação - pequeníssima, "só" cerca de 600km assim como quem não quer a coisa - assim que regressássemos de férias para tratar de uns assuntos. Digo-lhe eu, ainda antes das férias: "Chegamos tão cedo na quarta-feira, que podíamos ir de seguida e eu assim ia contigo, e no dia seguinte se tivéssemos tempo ainda dava para passearmos um pouco." A Mula para laurear a pevide está sempre pronta!

 

Combinamos assim: iríamos de seguida na quarta, regressaríamos na quinta, e eu na sexta de manhã já estaria sentada à minha secretária a trabalhar - que já se sabe que o que é bom acaba demasiado rápido.

 

Nem um único dia para descansar das férias? Poder-me-ia ter logo arrependido da ideia. Podia... Mas não.

 

Só me arrependi uns dias mais tarde, quando no primeiro dia de férias morri para a vida num quarto de hotel em Valência, onde uma parte de mim era cansaço e a outra metade era dor. Dor de costas, dor de pés, dor de pernas. Ou seja, 70kg de dor onde só a alma sorria. À medida que as horas foram passando - nem digo dias, porque foram tão poucos... - e o cansaço se foi instalando, eu só desejava passar umas horas sem fazer nada e aí confesso que comecei a deitar as mãos à cabeça porque essa coisa de descansar não iria realmente acontecer. Mas há uma coisa que eu sou: Sou Mula de palavra, mais por orgulho do que por palavra mas não interessa...

 

Foram realmente umas férias muito curtas e muito cansativas. As temperaturas não ajudaram, o facto de não ter dormido na véspera não ajudou... Nada ajudou, mas a verdade é que aterramos no Aeroporto do Porto às 16h com mais ar de mortos do que vivos. Mudamos de planos. Não fomos diretos: passamos primeiro em casa para tomarmos um banho e comer qualquer coisa.

 

Foi o primeiro banho a sério desses dias.  [Ei calma, gente! Eu tomo banhoca todos os dias, que isso de andar badalhoca não é para mim. Mas fomos de avião, não pude levar os meus champôs, o meu gel de banho e já se sabe como são esses produtinhos de higiene dos hotéis... Não foi um longo e revigorante banho de imersão, foi antes um rápido banho de 5 minutos de chuveiro mas foi suficiente.]

 

Eu estava de rastos, mas depois do banho ganhei uma energia que mais parecia que tinha tomado um banho de café. É por estas e por outras que no dia-a-dia evito tomar banho e ir logo dormir, porque a verdade é que fico demasiado desperta e depois tenho dificuldades em adormecer. No fundo o cansaço físico é uma espécie de sujidade que se agarra ao nosso corpo como uma espécie de caruncho que nos tenta corromper. Mas não deixo de achar estranha a energia que me subiu pelo corpo até aos cabelos, que me fez dançar e cantar no carro como se tivesse acabado de acordar após umas férias no spa. E assim foram os 300km de ida. Ainda que já não possa dizer o mesmo dos quilómetros de regresso...

 

Mas adiante... Haverá melhor sensação do que a de um banho revigorante?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 04.05.2018

    A mim desperta-me sempre. É melhor que o café! ^_^
    Bom fim-de-semana Chic
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.