Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Blog do Caixote, conta-me histórias da música que eu ouvi!

E desta vez a intimada a contar uma história doida foi a Gabriela do Blog do Caixote que nos trouxe a música Can't feel my face dos The Weeknd, uma música que esconde a própria biografia do Xôr Abel, que é como quem diz do Weeknd. A própria história numa só música, imaginem lá! A Caixote jura que é verdade e por isso só podemos acreditar que é, porque razão não haveria de ser? E se atentarmos bem na letra, até acho que podemos sentir a música um bocadinho como nossa também... Acho que podia ser uma história minha, tirando o Tojó que não o conheço está claro e acho que a Caixote até sentiu a história um bocadinho como sua, e assumiu, estilo exorcista, a voz do The Weeknd para nos contar a mesma na primeira pessoa para ser mais fácil de entender.

 

Vamos curtir esta tripe de anestesia com o The Weekng? 'Bora lá! 

 

Conta-me Histórias.png

 

d41d8cd98f20120308034934.png

 

 

É isto que me apanham a cantar sempre que vou à dentista. I can’t feel my face.

 

 

 

And I know she'll be the death of me, at least we'll both be numb

And she'll always get the best of me, the worst is yet to come

But at least we'll both be beautiful and stay forever young

This I know, yeah, this I know

 

A anestesia é tão, pá man, tão power que fico com a cara à banda., mas mesmo à banda, tipo se não me vir ao espelho acho que tenho a cara toda torta, pá, mas tipo não tenho.

 

É aquela cena de tipo não me importo, ok, só um bocadinho, porque é para ficar um gajo bom nos dentes, portantes é naquela, ficamos os dois bonitos, a minha cara e os meus dentes, tão a ver a cena, né?

 

She told me, don't worry about it

She told me, don't worry no more

We both know we can't go without it

She told me you'll never be in love, oh, oh, woo

 

A dentista diz-me para eu não me preocupar, que não me pode tratar os dentes sem me injetar aquela cena nas engivias, que não podemos mesmo, mesmo, passar sem anestesia, mas eu só me lembro daquela vez tipo em que andei com uma batata frita enfiada no lábio de cima sem dar conta.

 

I can't feel my face when I'm with you

But I love it, but I love it, oh

I can't feel my face when I'm with you

But I love it, but I love it, oh

 

Não consigo sentir a cara quando venho da dentista e até é fixe porque quando chego ao café viro-me pró Tojó e digo-le: "tipo, man, dá-me um murro aqui na cara, pá!” e ele dá e eu tipo a rir-me lolololol porque tás a ver não doeu e o tipo fica todo fodido da vida e eu rrsrsrsrsrs

 

And I know she'll be the death of me, at least we'll both be numb

And she'll always get the best of me, the worst is yet to come

All the misery was necessary when we're deep in love

This I know, girl, I know

 

Às vezes acho que tanta anestesia vai matar-me, tás a ver, é que vou prái uma vez pro semana à dentista, man! Mas é aquela cena de ser um mal que tipo, até vem por bem. Despois eu acho que a minha dentista é boa, mas boa, boazona, e até acho que estou apaixonado por ela. E eu até ficava aqui a falar sobre ela oh man, o dia todo, mas foda-se não consigo sentir a cara, nem a boca e tás a ver, preciso da boca pra falar e acho que ia tar sempre a dizer a mesma coisa, Lol!

 

She told me, don't worry about it

She told me, don't worry no more

We both know we can't go without it

She told me you'll never be in love, oh, oh, woo

I can't feel my face when I'm with you

But I love it, but I love it, oh

I can't feel my face (I can't feel nothing) when I'm with you

But I love it, (but I love it) but I love it, oh

I can't feel my face when I'm with you

But I love it, (but I love it) but I love it, (but I love it) oh

I can't feel my face when I'm with you

But I love it, (but I love it) but I love it, (but I love it) oh

She told me, don't worry about it

She told me, don't worry no more

We both know we can't go without it

She told me you'll never be in love, oh, oh, woo

I can't feel my face when I'm with you (I can't feel my face)

But I love it, (but I love it) but I love it (oh I love it) oh

I can't feel my face when I'm with you (said I can't feel my face)

But I love it, (but I love it) but I love it oh

I can't feel my face when I'm with you (face, when I'm with you)

But I love it (but I love it) but I love it, don't you think I can't

I can't feel my face when I'm with you (I can't feel my face)

But I love it, (when I'm with you baby) but I love it, (when I'm with you baby)

I can't feel my fa-

 

---------------------------------------------------------------------

E a verdade é que acabou a dizer sempre a mesma coisa... Realmente a tripe de anestesia dá cá uma moca valente, perfeita para estas maluquices!

 

E quem já sentiu esta tripe doida levante o braço e diga Yoooooo!

 

---------------------------------------------------------

Têm uma história engraçada sobre uma música e gostariam de a partilhar connosco? Mandem a vossa história para desabafosdamula@hotmail.com e a história será partilhada aqui nos Desabafos da Mula assim que possível.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.