Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Animal encartado

Tenho noção que não sou uma pessoa muito simpática na estrada. Sou das que resmunga muito, das que tem pouca paciência, das que dá poucas oportunidades para os outros entrarem nas faixas e afins. Sou assim há muito tempo, mas a verdade é que só tomei essa consciência há muito pouco tempo. Desde então tenho tentado contrariar este meu lado Mula-cabra na estrada. Mas não é fácil. Essencialmente porque as pessoas não colaboram.

 

Tenho tentado andar mais devagar, tentado em cada cruzamento deixar entrar um carro - um só carro, ok? Quero ser boazinha mas não quero ser a Madre Teresa de Calcutá das estradas portuguesas - tentado ser melhor pessoa no trânsito por assim dizer.

 

Mas deixem-me que vos diga: A vontade é grande mas as pessoas não colaboram!

 

Não CO-LA-BO-RAM de maneira nenhuma!

 

Um exemplo:

Estou numa espécie de via rápida aqui no Porto, e estava bastante trânsito, dou sinal de luzes a um carro que estava parado na faixa de aceleração para entrar. O carro não entra. Volto a dar sinal de luzes, praticamente parada já, para dar-lhe uma segunda oportunidade. O carro não entra. Só podia estar a olhar para a morte da bezerra, é que só podia! Já parada, que estava tão zen e tão devagar que decidi dar uma terceira oportunidade, volto a a dar sinal de luzes e a fazer gestos para o gajo entrar. O gajo não se moveu. Ora fodasse! Acabou-se o zen, acabou-se a vontade de tentar ser uma pessoa diferente ao volante. Comecei a praguejar e a dizer que não adianta facilitar as pessoas, porque ninguém colabora e arranquei obviamente. Se não quer, não seria eu a obrigá-lo. Ainda hoje não sei para onde estaria a olhar, mas para a estrada certamente não seria.

 

Entre estas, muitas outras situações. Como posso eu deixar de ser um animal encartado, se as pessoas se dividem apenas em dois grupos: Os pessoas como eu, ou atrasos de vida, sendo que os atrasos de vida soltam o pior que há dos animais encartados?

 

Vá confessem-se aqui à Mula: Como são vocês ao volante?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mula 18.10.2019

    Confesso, as pessoas não darem piscas tiram-me do sério. Em tempos estava a seguir uma amiga minha por becos e vielas que nunca vi na minha vida e ela não deu um único pisca, eu não fazia ideia para onde ia a seguir, era tipo kinder surpresa. Quando parou o carro tive de a chamar à razão. Os piscas não estragam o carro, não dão choque, não magoam... Não faz sentido tanta birra em usá-los. Confesso que até sou chata, mas eu tento das os piscas todos, e nas rotundas então, não falho!

    "não têm civismo e têm a mania que são mais espertos que os outros."
    Odeio estar direitinha, na minha faixa, e vir um chico-espero pela faixa ao lado e tentar-se meter à minha frente. Fico cega! Ora se eu soube esperar na fila ele tinha mais é que ter feito o mesmo. Falo birra e bato pé: à minha frente não entra! E é aqui que me assumo como muito mau feitio. Mas odeio gente que se julga mais esperta que os outros.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.