Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#25 Tema Tabu

Decidi escolher um tema tabu que está tão na moda: A eutanásia. E que grande filme! Ainda pensei em escolher um filme sobre sexo, mas parece-em que a eutanásia ainda é mais tabu que o sexo, por isso só poderia escolher este grande filme com uma grande interpretação de Javier Bardem. Recordo-me perfeitamente que foi com este filme que tomei consciência das condições desumanas que tantas pessoas vivem. Vi este filme numa aula qualquer e nunca mais consegui esquecer.

 

 

E para esta categoria, que filme me recomendariam?

Curtas do dia #1037

Não vos contei. No sábado passado fui a um Color Zumba num Color Day de um ginásio para os lados de Gaia. Ora bem, nesse color day, para tornarem a coisa mais aliciante para a malta, decidiram aplicar uma cor - apenas uma cor - por modalidade. Assim quanto mais modalidades as pessoas praticassem mais coloridas ficariam. Achei a ideia bastante gira.

 

A cor que escolheram para lançar na zumba foi o amarelo. E agora uma adivinha:

 

Ora adivinhem lá de que cor foi a Mula para a Zumba do Color Day achando que ia sair dali toda colorida, toda fofa e unicórnios?

 

 

... Sim adivinharam, eu sem saber de tal, fui de amarelo! Podem imaginar o quão colorida eu saí de lá! #sóquenão #pareciaquetinhaicterícia

Nota-se que falo muito ao telefone?

Fomos a um restaurante de cozinha de autor celebrar os nossos 15 anos de aturação mútua. Ainda sentados no restaurante a jantar, aproxima-se a menina que nos estava a servir:

 

Menina: Está tudo bem?

Mulo: Tudo óptimo.

Mula: Estamos a gostar muito. Obrigada, boa tarde!

Mulo: !?!?!?!???!?!

 

A menina ri-se. O Mulo fica olhar para mim assustado. 

 

 

E eu... se tivesse um buraco, ter-me-ia atirado sem pensar duas vezes!

 

Mula fitness com gadgets fitnesses dá nisto!

Comprei um relógio daqueles todos fitness - 'bora lá utilizar a palavra fitness até ao expoente da loucura? - que contam os passos, monitorizam os sonos, as calorias e ainda - vejam lá bem! - mostra as horas. Parece coisa cara, mas comprei numa promoção num site de gadgets chinês - o que pode justificar muita coisa - e apesar de tudo parece-me uma boa compra. É todo em plástico e borracha e posso levar para o ginásio sem medo de o partir ou riscar. Assim como assim... Tem horas!

 

Ora, eu não sei muito bem como é que uma coisa num pulso lê o número de passos que damos com os pés, mas suponho que, no caso do meu, seja pelo movimento. Ora aqui é que a porca torce o rabo... É que eu gesticulo muito...! Estão a ver o resultado certo? Eu aparentemente dou imensos passos mas na realidade não saio do lugar! Mas, no fundo o relóginho sabe que mal me mexo porque a nível de calorias, só deve mesmo estar a contabilizar tendo por base o número de vezes que pisco os olhos.

 

Oh Mula, então isso serve para alguma coisa?

 

Serve pois, já vos disse que diz as horas, certo? 

 

Para além das horas, monitoriza também os batimentos cardíacos - e aqui confirmei com as máquinas no ginásio, que está a monitorizar corretamente - e descobri que tenho um sono de merda: sono profundo de cerca de 10 minutos de cada vez, seguido de longos períodos de sono leve, o que justifica o facto de me sentir sempre tão cansada apesar de dormir cerca de 8 horas diariamente.

 

Outra coisa engraçada: Consigo, olhando para os resultados ao longo do dia, perceber as vezes que me enervei, porque há aumento significativo dos batimentos cardíacos nesses períodos.

 

E pronto é assim, é giro levar isto para o ginásio para perceber a intensidade do treino, por isso à parte de tudo, tenho um relógio que dá horas e mede a frequência cardíaca. Passos e calorias é que não é a cena dele!

 

Acho que já estou a um passo de ser fitness - não podemos é contabilizar as fatias de bolo de chocolate que tenho no instagram!

2 anos!

E já se passaram dois anos desde que corri para o altar - há quem diga que eu estava com medo que o noivo fugisse - e disse o sim perante uma conservadora estranha - nem vos conto, a mulher era mesmo estranha. Os casamentos pelo civil são tão românticos - #sóquenão!

 

-463.jpg

 

Digo sem qualquer tipo de dúvida ou reserva: Foi mesmo o dia mais feliz da minha vida! Nem tudo foi perfeito, mas foi tudo perfeito na altura que é o que importa. Foi o meu momento conto de fadas... Senti-me uma verdadeira princesa!

 

Hoje, dois anos depois, encontro alguns defeitos. Olhando para as fotografias há algumas coisas que gostaria que tivessem sido diferentes. Gostaria de ter aproveitado mais - sinto que aproveitei tão pouco... - de ter saboreado todos os momentos de modo mais lento. Gostava de ter caminhado para o altar devagar e de estar mais calma.

 

Olhando para as fotografias não há dúvidas: Gostaria de ter estado mais magra, teria sido uma noiva mais bonita se não estivesse 15kg acima do peso suposto - perdi 7 kg na altura, mas não foram suficientes! - e teria sido uma noiva mais bonita com uma maquilhagem mais suave, talvez até sem batom - que agora considero não ter sido a melhor escolha -e quiçá com um vestido mais tapado. Olhando para as fotografias encontro alguns defeitos no geral, mas vendo as fotografias, também não há dúvidas: Eu fui uma das noivas mais felizes que já vi. Quem viu o álbum não encontra uma única em que eu não me esteja a rir, mas a rir com vontade, com sinceridade, com uma felicidade impossível de conter.

 

Por isso concluo: Não foi perfeito, mas foi perfeito para mim!

 

Se ganhar o euromilhões volto a casar - ainda posso casar pela igreja! - só para ter o prazer de reviver tudo uma vez mais e aproveitar o triplo ou o quádruplo.

 

Mas na realidade sabem por que é que se me saísse o euromihões eu voltava a casar? É que com ele, se eu pudesse, casava-me todos os dias!

 

Por isso, e só para finalizar, um conselho a quem esteja prestes a casar: ignorem os percalços e vivam o vosso dia porque no final só o que foi fantástico vos ficará na memória! Sejam felizes!

Curtas do dia #1033

E hoje que celebro 2 anos de casamento - 15 anos de namoro ontem, 2 anos de casamento hoje, isto é tipo festa cigana, dura imensos dias para termos a desculpa de comer e beber como se o mundo fosse terminar na semana que vem -, uma curiosidade sobre o pós-casamento da Mula que acho que nunca vos contei, mas que diz muito sobre mim:

Saí do hotel da noite de núpcias sem carro porque tínhamos sido levados pelos padrinhos. Saí do hotel de vestido de noiva debaixo do braço - não cabia na mala... - fui para uma explanada de vestido debaixo do braço para tomar café com uns amigos, e em plena rotunda da Boavista, de vestido debaixo do braço apanhei um táxi que finalmente me levou a casa para deixar a salvo o vestido.

 

Nota-se que sou muito zelosa e preocupada, não se nota? #sóquenão!

 

 

P.s.: Em minha defesa o vestido chegou em perfeitas condições a casa... um pouco amarrotado mas isso também já não era importante.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.